Skip to main content

Posts

Featured

A Esperança Vive

No meio da pandemia, uma mãe Galinha mantinha o ouvido alerta e curioso por vozes, risos e gritos de alegria dos pintinhos da Vila Dourada . Alguns dias ouviam-se ruídos rápidos, mas, na maioria das vezes, punha-se um silêncio que pareceu afugentar a esperança daquele linda vila. As flores pareceram temer abrir as suas lindas cores. As árvores já não dançavam aos quatros ventos. Até o último dia de verão. No meio dos pingos de uma barulhenta chuva ouviam-se vozes dos pequenos da vila. Eram tão nítidas e expressivas que a mãe galinha correu à porta. Temeu molhar as duas penas, ficou a apreciar 3 pequenos pintinhos no meio da estrada a desfrutarem do banho de chuva. Antes mesmo da mãe galinha começar a chamar pelos seus pintainhos a ver de eles queriam aventurar-se da mesma forma, Joaninha, a pintinha cassule do galinheiro MC deixa cair um toalhão de praia na parte de dentro da porta e sai a correr rumo à chuva, fazendo a mãe galinha girar e perder algumas penas com a velocidade. Os…

Latest Posts

Momentos espontâneos em dias sombrios.

Como recomeçar algo que nunca parei

Desafio Março Mulher, Março Pai

Seis (6) anos de estrada

Memórias- 1 de 100

Movimento Levarte Angola organiza semana do Livro e de Leitura

A menina requintada que não gosta de dançar

Da Mentira à Mente Rosa

Realidade de uma mãe...

Por ti, eu canto...